domingo, 9 de junho de 2013

Uma carta para alguém

Nem sempre temos tudo o que queremos, o amor é um campo desconhecido. Não se pode pagar para ter um amor. Não se pode forçar, tudo depende da conquista de dois coração que batem reciprocamente. Por mais que queiramos ter alguém e esse alguém não nos queira, será um amor impossível. Chega até ser engraçado, muitas vezes temos outra pessoas que se interessam por nós, mas nós não nos interessamos por ela. Seria fácil se fosse só uma questão comercial como existe por aí. Mas ontem na Igreja Nazareno de Jaboatão o pastor falou algo sobre amizade, citando a parábola do filho pródigo. Ele falou que enquanto o jovem tinha dinheiro ele tinha amigos, quando o dinheiro acabou os falsos amigos se afastaram dele. Da mesma forma é o amor. Devemos escolher alguém que nos acompanhe que além do amor tenha uma forte amizade, pois senão o amor não se sustentará. Além disso, o amor entre um casal deve ter Deus como participante principal. Na Bíblia diz, um cordão de três dobras não se rompe com facilidade, ou seja, o casal e Deus tem que esta presente no relacionamento, senão não irá dar certo. Hoje em dia se fala muito de moral e ética, e muitas coisas do gênero, porém o que é questionável é se devemos ser politicamente corretos ou ir de encontro a palavra de Deus? As vezes eu sinto saudade de não ser politicamente correto, pois quem quer ser certo demais acaba sendo errado. A vida tem que ter um pouco de brisa, de pausa de ar. Por que vivemos sempre correndo, correndo, e nunca encontramos o que queremos? É correr atrás do vento. Nunca se para para meditar pensar sobre a vida, refletir o que estamos fazendo de errado ou de certo. A reflexão pode não ser a única saída mas já é um bom começo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

HOME

Seguir O Blog Se você encontrar algum link sem funcionar favor nos informe: daniel.alvesb@gmail.com Nossa Página no Facebook: https://...